ISBN-10: 8566636813 
Título: Menina Má
Autor: William March
Ano: 2016
Páginas: 272
Idioma: Português
Editora: DarkSide
Gênero: Supense, terror
Nota: 5/5

Sinopse: Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, ela consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também. 


Menina Má foi publicado originalmente como ''The Bad Seed'' em 1964, sendo um dos maiores sucessos da época devido a temática abordada. William March trouxe à tona uma discussão um tanto quanto polêmica: ''Quando nasce a maldade? Nascemos todos inocentes e somos corrompidos pelo mundo à nossa volta? Ou será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós capaz de brotar até mesmo na mais adorável das crianças?''. 

O livro vai muito além de ficção, é mais real do que podemos imaginar. Trata-se sobre uma criança com tendências psicopatas, uma menina verdadeiramente má, a Rhoda. Uma criança doce, adorável e extremamente inteligente que, aos olhos de todos, inicialmente não passa de uma criatura de caráter exemplar. Porém, por trás deste semblante habita uma criança completamente mentirosa, dissimulada e calculista. 

"Eu sei que, no fundo, você está muito triste, minha linda. Rhoda encaixou uma peça do quebra-cabeça em seu devido lugar e então, voltando-se para a mãe, disse, em tom surpreso: ''Não sei do que você está falando, mãe. Não sinto nada." 

A história gira em torno da desconfiança de sua mãe, Christine Penmark, em relação à sua filha após um piquinique realizado pela escola em que Rhoda estuda. Neste, um de seus colegas de classe acabou se acidentando e morrendo, porém isto não é tudo, o menino em questão foi encontrado sem sua medalha de melhor aluno, aquela que Rhoda estava obcecada e teimava em dizer que deveria lhe pertencer. Através da reação de sua filha, completamente fria, Christine Penmark desenvolve obsessão pelo acontecimento, levando-a descobrir que por trás deste existem muitas lacunas de seu passado que até então estavam incompletas. 

Um dos aspectos que mais me agradou em Menina Má, foi a maneira como o autor desenvolveu os personagens, com personalidades excepcionalmente únicas, indo muito além apenas de Christine e Rhoda. Como por exemplo, Leroy, o zelador, que se mostra uma criatura extremamente perturbada, represando seu mundo obscuro. 

“Eu achei que conhecesse meninas más, mas você é a pior de todas.” 

Tratando-se de uma narrativa viciante, sem dúvidas, é um daqueles livros que não sentimos vontade de parar de ler enquanto não chegarmos ao fim. E também, é inevitável negar que Menina Má é um livro que nos faz repensar sobre até em que ponto uma criança é doce e carismática quanto aparenta ser. 

Não é preciso nem dizer sobre a capa, não é mesmo?! A DarkSide sempre nos traz edições maravilhosas e únicas. Porém, devo ressaltar que Menina Má é um dos livros que considero mais bonito da minha estante, sua composição de cores e detalhes é magnificante e um tanto quanto sombria. 

24 Comentários

  1. Olá Mari!
    Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro. É um título que já esta na minha lista de desejados, porque só leio bons comentários, assim como na sua resenha, que me deixou ainda mais motivada e instigada para conhecer essa trama. Acho que irei adorar e não vejo a hora de ter meu exemplar em mãos! Sobre a capa, é mesmo maravilhosa, mas a editora sempre se destaca no quesito edição <3
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oii!!
    Esse livro realmente é muito bonito. A história é de se fazer pensar. Uma criança psicopata e que não sente remorso do que fez. Eu acredito que a pessoa nasce assim, e com o tempo temos como moldar o comportamento da pessoa, para isso existem os psicólogos. É um livro que eu pretendo ler, tenho certeza que vou me surpreender bastante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu tenho muita curiosidade de ler esse livro, mas até agora não consegui comprar o livro kkk. Já li centenas de resenhas e todas são bem elogiadas assim como a sua foi rsrs. Essa capa é muito linda. Adorei poder conferir as suas opiniões sobre a obra, e espero ler ele ainda esse ano. Também quero ver o filme. Até mais ver
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    quando vi a capa logo imaginei que era da Dark Side, eles arrasam sempre nas capas. Eu não conhecia este livro, mas creio piamente que existam crianças que são realmente malvadas e se escondem na inocência de criança. Acho corajosa a mãe desconfiar da filha e resolver investigar, nem sempre a mãe tem essa percepção.
    Esses livros que não dão vontade de parar, são os melhores de se ler.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari!

    Tudo bem? Então, eu sou louca de amores que quer comprar todas as edições dos livros da DarSide porque né? São MA-RA-VI-LHO-SAS, mas eu simplesmente não consigo ler tudo que eles lançam porque sou medrosa então uma boa parte dos livros "não é pra mim".

    Aconteceu isso com "Menina Má", juro que ia ficar toda paranóica depois de ler, não poderia encontrar crianças e já ia pensar na probrezinha com um demônio dentro do corpo ou sendo uma psicopara em miniatura hahahahaha (algo nada conveniente). Enfim, ainda assim fico curiosa sobre o livro porque você mencionou que as personadides das personagens são muito bem criadas e esse é sem dúvida o ponto que mais chama a minha atenção em qualquer obra.

    Beijinhos,
    Jessie
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Tenho vontade de ler esse livro e tenho certeza que vou gostar da história. Realmente o autor trouxe uma discussão polêmica quando a maldade e isso me deixou ainda mais intrigada. Rhoda parece ser uma criança que dá até medo e espero ler o livro em breve. Adorei a resenha!

    http://www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari, este livro está na minha lista de leituras para 2017, apesar de ainda ter um certo medinho em concluir esta leitura. Adorei saber que a narrativa é viciante e você não teve vontade de parar de ler.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie! Tudo bem? Esse livro infelizmente não me chamou a atenção, são poucos os livros dessa editora que quero ler, e esse nunca entrou na lista, mas fico feliz de saber que o autor soube desenvolver bem ele e que você gostou da leitura!
    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Oiiii,

    Já li várias resenha sobre este livro, e cada vez mais eu quero ler, mas me falta dinheiro pra bancar livros da DarkSide, são perfeitos de mais e a capa de Menina Má é fofa e instigante, nos fazendo imaginar como o livro irá abordar uma história complexa em que a protagonista é uma criança.

    Adorei sua resenha e espero poder ler o livro logo.

    Beijinhos...

    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mari!
    :O Que livro! Estava de olho nesse livro desde o lançamento. A história parece ser perturbadora. e a capa do livro é perfeita. Dá um ar de inocência, mas ao mesmo tempo macabro.
    Beijão!
    lagarota.com.br
    asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, apesar de achar o tema tratado na obra de uma importância sem igual eu evito ler porque acho que começarei a analisar cada pequeno movimento de uma criança e pensarei se ela está sendo sincera ou se por trás existe uma mente maligna camuflada por uma carinha de anjo (vai saber, né?!). E não realizar a leitura era até fácil, até eu me deparar com sua resenha e ficar intrigada e instigada a ler. Agora me encontro sem saber o que fazer, mas fico feliz que tenha sido uma ótima leitura e espero que outras possam ser tão boas para você quanto essa!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  12. Estou louca por este livro desde o seu lançamento, mas até hoje ainda não consegui adquiri-lo. Sempre aparecem outros títulos mais interessantes e acabo deixando este para depois.
    É um enredo realmente envolvente por se tratar de uma criança fria e psicopata, afinal o quanto uma criança pode ser pura e inocente quando possui algum transtorno de personalidade? Quero muito conhecer esta obra.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mari!
    Vou confessar que tinha um pé atrás com relação a esse livro, devido a algumas resenhas negativas que li sobre ele.
    Mas a sua resenha mudou a minha opinião, gosto do fato de o autor criar personagens únicos, isso deixa a história mais envolvente. E percebi também que o livro trás ótimas reflexões.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Eu preciso desse livro. Desde o ano passado que penso em comprar, mas nunca consigo. Quero muito ler. Já li tantas resenhas positivas sobre ele, que só aumenta minha ansiedade. Não sou muito chegada a terror, mas para esse livro eu abro uma exceção.

    ResponderExcluir
  15. Tenho esse livro na minha estante já tem um ano, eu acho... e ainda não consegui encaixá-lo nas minhas leituras!

    Quem pensa que crianças não podem ser malvadas, está redondamente enganado... Só não podem ser chamadas de psicopatas ainda. Elas ofendem os colegas de sala, puxam cabelos, fazem bullying... Até onde isso é aceitável? Até onde isso não é sinal de transtorno?

    Acredito que deve ser um livro bem interessante, se traz as reflexões que você apontou. Espero também que fique dentro do limite já conhecido das ciências, pois isso me animaria ainda mais!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  16. Tenho sentimentos contraditórios com relação a esse livro. Por um lado eu fico muito curiosa com essa história que já inspirou um filme e fala de um assunto importante ao mesmo tempo que fico encantada com essa edição que dá vontade de comprar só para ter ela na estante. Por outro lado, eu fico bem recosa por ser um livro de terror e esse não ser meu gênero porque sou muito medrosa. Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Mari, tudo bom? Gostei muito da sua resenha. Eu também li o livro, mas diferente de você eu não gostei tanto. A narrativa é envolvente e prende o leitor, mas achei o final beeem ruim. Os personagens foram mesmo bem construídos. Quero muito conferir o filme. Essa edição está mesmo lindíssima.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Comprei esse livro já faz um tempinho e aonda não consegui ler mas estou doida para ler e conhecer mais dessa doce e assustadora garotinha que é a RRRODHAA. Acho muito bacana bacana o tema abordado sobre psicopatia infantil que realmente nos faz refletir sobre a natureza Humana em si.
    E a diagramação desse livro na Darkside arrasa!
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Acho a premissa desse livro super legal, mas não gosto de ler ou mesmo assistir terror/suspense e por isso sei que não vou curtir a leitura assim; sobre a edição da Dark nem preciso falar nada né, ela sempre arrasa!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  20. Olá Mari,
    Como sempre, mais uma resenha extraordinária. Já li esse livro, mas nossas impressões não foram muito parecidas, achei as personalidades bastante boas e bem construídas, mas não aceitei a forma como a mãe da Rhoda agiu e, infelizmente, a leitura não tão ágil para mim, eu demorei para me adaptar e me prender a esse livro.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  21. Oláá´´a
    aaaah essa edição é tão maravilhosa e é tão bom saber que é uma leitura viciante pois to louca para ler desde que lançou, eu adoro terror e esse enredo me encanta, espero que supere minhas expectativas

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Sou apaixonada pela capa deste livro. Mas ainda não li, e essa não é a primeira resenha que leio dele. Sempre tem alguém falando bem. Adorei os quotes.

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?

    Esta história funcionou maravilhosamente bem comigo.

    Realmente é uma história viciante que nos faz refletir sobre muitas atitudes que circundam as crianças e até que ponto devemos nos deixar levar pela doçura e inteligência delas.

    Me apaixonei por Rhoda, mesmo com todos os contratempos da história e ela me fez amar ainda mais o universo da psicopatia!

    Parabéns pela resenha (:

    ResponderExcluir
  24. Olá,
    Já vi várias resenhas bem positivas da obra e confesso que fiquei bem intrigada. Porém, vi outras não tão positivas que me deixaram com o pé atrás pelo fato de dizerem que o foco não é na menina mas sim em sua mãe.
    Estou pensando ainda se pretendo ler, mas gostei de saber que para você funcionou e que a fez refletir sobre determinados pontos.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir