| RESENHA #109 | SEM ESPERANÇA (HOPELESS #2), COLLEEN HOOVER

ISBN-10: 8501065129 
Título: Sem Esperança (Hopeless #2)
Autora: Colleen Hoover
Ano: 2015
Páginas: 320
Idioma: Português
Editora: Galera Record
Gênero: Drama, romance
Nota: 5/5

Sinopse: Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.

Bom, dessa vez estou aqui para falar sobre ''Sem Esperança'', o segundo livro da série Hopeless da autora queridinha Colleen Hoover. Confesso que ao escolher esta leitura, fiquei um pouco duvidosa em relação ao quanto o livro me prenderia devido ao fato de o mesmo contar a mesma história que ''Um caso perdido'', porém apenas de uma perspectiva diferente, agora aos olhos do mocinho, Holder. Mas, pasmem, fiquei extremamente encantada e, no momento não consigo nem sequer dizer qual dos dois livros – ou versões- me encantou mais. 


Narrado em primeira pessoa, agora podemos conhecer a história de Holder do ponto de vista dele. Em ''Um caso perdido'', Holder desde o início, se mostra um jovem com uma personalidade forte, temperamental e um tanto quanto impulsivo, porém desta vez podemos entender o que o leva a ter tais comportamentos. 

''Quando um garoto ama uma garota, especialmente a irmã, deveria saber o que a faz sorrir e o que a faz chorar. Mas eu não sabia. E não sei. Então me desculpe, Less. Desculpe mesmo por ter deixado você fingir que estava bem quando era óbvio que não estava nada bem.''

Holder é um jovem intensamente atormentado por acontecimentos de seu passado. O mesmo, ainda na infância, teve que lidar com o desaparecimento de sua melhor amiga, Hope, e ainda com a culpa que depositava sobre si por acreditar que poderia ter feito algo para evitar o ocorrido. Como se não bastasse, há alguns meses também perdeu Less, sua irmã, mas desta vez para o suicídio. Desde então, Holder passa a escrever cartas para ela, como uma forma de se expressar e a ''atualizar'' dos acontecimentos desde a sua partida.


Sua vida se encontrava em completo estado de neutralidade, até que uma ida ao supermercado muda completamente o rumo da mesma. Holder conhece Sky e, desde de o primeiro instante não consegue tirar os olhos dela. A sensação de a conhecer antes mesmo daquele primeiro contato os aproximam de uma forma que nunca mais permitirá que suas vidas voltem a serem as mesmas. Devo adiantar que não se trata de um romance típico entre adolescentes, possuindo altos e baixos – ou melhor, baixíssimos –, sem dúvidas, vai te fazer intercalar entre sorrisos e lágrimas inúmeras vezes. 

''O tempo parou completamente e, enquanto nos beijamos, só consigo pensar que é isso que salva as pessoas. Momentos assim, com pessoas como ela, fazem todo o sofrimento valer a pena.''  

Aliás, devo ressaltar que esta leitura me causou um bom momento de reflexão, pois ao ler a história do ponto de vista de Sky (a protagonista principal do primeiro livro da série), me peguei muitas vezes julgando friamente os comportamentos de Holder e, agora após o término do livro me pego sentindo culpa e uma vontade gigantesca de o acolher tanto quanto tive vontade de acolher Sky. Holder se mostrou uma pessoa completamente diferente do que aparenta ser, com um coração gigantesco. Me fez refletir sobre como muitas vezes nossas primeiras impressões são injustas e distorcidas.


Quanto a capa gostaria de dizer que não me agradou, o modelo escolhido nem de longe é como imaginei Holder, para mim é como se não houvesse conexão alguma entre a capa e o livro em si. Enfim, gostaria de falar muito mais sobre o livro, principalmente por ter se tornado um dos meus queridinhos, mas é quase impossível sem dar spoilers, então pararei por aqui. É isso, mergulhem de cabeça nesta leitura incrível, sensível e com um bom toque de bom humor que só Colleen Hoover consegue dar aos seus protagonistas. 


''Precisamos apenas aceitar que as coisas são como são, e nem toda a culpa e o arrependimento do mundo vão mudar isso.''

23 comentários

  1. Olá
    CoHo é uma das minhas autoras favoritas, e não tem um livro que eu tenha lido que não tenha me apaixonado. Por isso, sou suspeita em comentar, é claro. Ainda assim, adorei poder conferir suas impressões a respeito, e deu até vontade de reler (porque, sim, sou dessas ♥) Aiii, sobre a capa, preciso concordar que não imaginei, nem de longe, um Holder assim.. mas enfim, né.. relevamos isso!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari,
    a autora é uma das minhas favoritas, li muito dos livros dela em inglês e não me lembro se ja li esse, preciso até olhar depois. Gosto quando temos a mesma história por visões diferentes.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  3. Quem me conhece sabe que sou muito fã da CoHo. Lembro que até os últimos capítulos, achei o livro desnecessário, por mãos que ame o Holfer a Sky, mas Colleen é a Colleen Hoover e quando eu menos esperava ela conseguiu destruir meu coração mais uma vez. Nao tem como não amar rs

    ResponderExcluir
  4. Então, esta capa não me remete a um adolescente e isso me incomodou muito. Eu gostei demais deste livro e de algumas coisinhas diferentes que o primeiro livro não tem. Amo a escrita da Colleen, apesar de achar que ela pesa a mão no drama, mas como você, dá pra refletir bem em suas histórias.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Muito me encantou sua resenha. Eu ouço sempre coisas boas de C.H, mas nunca li nada. Assim como outras resenhas a sua só me faz ficar curiosa e eu adoro dramas. rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Tá Hoover Tem esse efeito. Ficamos um pouco duvidosos acerca da sinopse edo livro mas quando vou ler e uma explosão. Amo essa capacidade de emocionar e dosar emocso, prosa e poesia em uma mesma obra.

    Esse ainda não li mas pretendo ler muito em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li o outro livro dessa série mas ambos me deixam muito curiosa. Eu gostei bastante da sua resenha e de saber suas impressões durante a leitura. Acho que a trama deve ser muito boa mas com alguns pontos que me desagradariam, mas quero muito ler. Eu também não gostei da capa, mesmo sem ter lido e nem é poque ele não se parece com o personagem, sei lá, achei feia mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Olá Mari,
    Tenho tanto receio com relação a esse livro que ainda não o li, acredite se quiser. Gostei de saber que você gostou do livro e que a leitura mudou sua impressão errônea do Holder. Confesso que também achei ele um pouco frio no livro Um Caso Perdido e me pergunto se me sentiria querendo acolhê-lo como você se sentiu. Bom saber que Holder mostrou ter um coração gigantesco.
    Vou tentar encaixar entre as próximas leituras.
    Também não imagino Holder assim e não vi conexão.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas confesso que não pretendo ler, já que não aprecio nada do género de romance..

    Mas ainda bem que gostaste da elitura e esta te levou a refletir.. Mas acho interessante o facto de ser a historia contada por outra personagem! :) E também não gosto da capa!!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Oii Mari, tudo bem? Gostei muito da sua resenha! Eu adoro a escrita da Colleen e todos os que li dela até agora foram 5 estrelas. Eu quero muito ler Hopeless e espero ter a oportunidade logo. Sua resenha ficou ótima!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. OI Mari
    Eu não li o anterior, aliás não sabia que este livro era continuação de outro.
    Li várias resenhas e estava curiosa.
    Nao tive oportunidade de ler nenhum livro da Collen ainda, mas tenho vontade de ler.
    Como não sabia da estória e não tinha imaginado o personagem, achei a capa bem bacana, gostei!
    Vou tentar começar lendo o primeiro.
    Bjks mil

    www.maeliteratura.com

    ResponderExcluir
  12. oie, eu já li o primeiro livro dessa série, mas na época não sabia que tinha continuação por isso acabei não lendo e hoje em dia não tenho vontade. Confesso que sempre tenho o mesmo sentimento que você em não querer ler o mesmo livro que traz a mesma história, mudando só o ponto de vista, sempre acho que vai ser repetitivo, e gostei de saber que não foi o caso aqui e que você pode entender mais sobre o outro lado da moeda. Ainda tem mais um livro, espero que você acabe gostando dele.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Li o início da resenha bem por cima com medo de pegar algum spoiler porque não li o primeiro ainda, mas amei tudo o que eu já li da Colleen e já pego pra ler com a certeza de que vai ser no mínimo bom :D
    Não sou fã de capas com rostos em geral, gosto de imaginar os personagens ao longo da leitura e não ter uma foto de referência. Vou ler em breve com certeza, beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  14. Oii!
    Li pouca coisa da Colleen por enquanto, mas tudo o que eu tive a chance de ler, eu gostei bastante. Esse é um livro que eu ainda não li, nem mesmo a versão da Sky dos fatos, mas sempre ouço falar muito bem. Eu também sempre gosto de poder ver o lado de outros personagens da história, principalmente quando os livros principais são escritos em primeira pessoa.
    Sobre a capa, se tem uma coisa que eu não gosto muito, é quando colocam pessoas na capa. É sempre muito complicado e, como aconteceu com você, às vezes a gente tinha uma imagem do personagem que é completamente diferente e isso pode ser bem frustrante.
    Espero que eu possa fazer essa leitura logo, tenho muita vontade de ler mais livros da Colleen :))
    Beijos!

    www.beyondbluedoors.com

    ResponderExcluir
  15. Nossa! Já tem tanto tempo que ouvi falar no primeiro livro, nem lembro se na época eu tinha gostado, mas assim, eu despertei uma vontade de ler Colleen esse ano, porque são taaantos livros que me recomendo, e os livros dessa série foi um deles, que eu tenho muita vontade de começar a ler. Detalhe: adoro livros que nos façam refletir. Acredito que vou gostar dos livros da série. Vou colocar na lista, ou ele já tá, sei la, são tantos livros hahaha.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  16. Oi Mari, tive a oportunidade de ler esse livro no início do ano e, como sempre gostei dos livros da Colleen, já tinha certeza que adoraria a leitura. Eu gostei muito de conferir o ponto de vista de Holder, assim como o enredo é espetacular. Abraços

    ResponderExcluir
  17. Olá!!
    Acredita que não li nenhum dessa serie ainda??!! Fiquei meio que com o pé atrás com essa autora,mesmo vendo várias resenhas e comentários positivos,agora fiquei curiosa sobre o que aconteceu de verdade com Hope/Sky e o que levou Less ao suicídio.. então essa vai ser uma das series que lerei em 2017!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/11/resenha-sua-espera-abbi-glines.html

    ResponderExcluir
  18. Olá, Anelise.
    Eu, particularmente, gosto de livros que são narrados em primeira pessoa, principalmente em casos como esse, em que o foco está em um personagem específico.
    Apesar da capa não combinar com o personagem Holder, eu gostei dela pela carinha que o cara da foto está fazendo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu ja li alguns livros da autora e todos me agradaram, sendo que a maioria conseguiu me conquistar completamente, por isso sempre fico animada com os livros dela. Bom, esse eu jq vi por ai, mas nunca parei para saber sobre ele, só sobre o primeiro e nao sabia que era a mesma história mas na visão de outro personagem. O que eu confesso que nao me atrai muito, mas lendo sua resenha fiquei curiosa em ler. Enfim, parece ser mais uma história maravilhosa da autora, por isso quero muito ler.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Oiii!
    Eu já tinha lido resenhas do primeiro livro. Da continuação, é a primeira que eu leio. É bem legal quando você lê sob o ponto de vista de outro personagem, da uma visão completamente diferente da história. Fico pensando como Holder deve ter ficado muito mal pela amiga desaparecida... que situação dificil. E ainda perder a irmã... Fiquei empolgada para ler os livros e entender melhor os dois pontos de vista.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Quando vi a capa desse livro algumas semana atrás achei que era outro tipo de história e só botei um pouco de fé por causa da autora, que apesar de nunca ter lido nenhum livro dela tem ótimas referencias.
    Uma coisa que achei curiosa é que esse livro é uma continuação, ou seja, vou ter que ler o outro rsrss.
    Adorei sua resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Não fazia ideia que esse livro se tratava de uma continuação, muita gente fala bem dos livros da Colleen Hoover mas confesso que é a primeira resenha que leio sobre algum livro dela. Acho maravilhoso quando a autora acaba fazendo a gente ver um outro lado de algum personagem que não gostávamos e passamos a gostar dele. É bom ver a história de todas as perspectivas né. Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oi Mari, tudo bem?
    Eu sou mega suspeita de falar pois amo os livros da Colleen e esse é um dos que eu não li ainda, mas estou morrendo de curiosidade em com toda certeza pretendo ler em breve. Acho interessante esses livros que narram a mesma história que outro, mas pelo ponto de vista de outro personagem. Adorei sua resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir