ISBN-10: 8581638430
 Título: As Letras do Amor
 Autora:  Paula Ottoni
 Ano: 2016
 Páginas: 224
 Idioma: português 
 Editora: Novas Páginas
 Gênero: Romance, Literatura Nacional
 Livro Cedido em parceria com a editora.

Sinopse: Bianca acabou de largar um curso de graduação de que não gostava, seus pais vão se divorciar e seus irmãos pequenos estão cada dia mais barulhentos. A oportunidade perfeita de escapar surge quando seu namorado, Miguel, resolve ir a Roma abrir uma empresa para o pai. Bianca decide que aprender italiano, arrumar um trabalho temporário e ajudar Miguel em seu negócio será um bom começo. O que parecia um sonho, porém, torna-se uma incerteza ainda maior quando Miguel fica sempre fora de casa, os empregos de Bianca não duram mais que uma semana, e, cada dia mais próxima de Enzo – o melhor amigo de Miguel, com quem moram –, ela começa a questionar seus sentimentos.
As Letras do Amor conta a história de Bianca, uma jovem que largou o curso de graduação, pois não gostava daquilo que fazia. Não aguentava mais seus pais que brigavam o tempo todo por causa do divórcio e nem seus irmãos que estão crescendo e ficando cada vez mais "barulhentos". Bianca namora Miguel, um jovem que vai para Roma abrir e cuidar da empresa do pai e ela decide ir junto e viver por seis meses na Itália com Miguel. Bianca estava rumo a lua de mel antecipada, o que ela não contava era que Enzo, o melhor amigo de Miguel, entrasse em sua vida e a fizesse questionar seus sentimentos.

Começo essa crítica dizendo que: talvez eu tivesse gostado se eu tivesse 14 anos e não 21. Comecei a ler, esperando algo leve e despretensioso, como uma comédia romântica que vemos tanto por ai. A primeira coisa que reparei, foi a escrita da autora e a maneira como ela estava disposta a contar essa história. Apesar da premissa hiper clichê, o que quase nunca me importo, para mim, o que mais incomodou foi a forma adolescentizada da escrita da autora. Eu me senti lendo uma fanfic do McFly quando era pré-adolescente.

O livro é narrado em primeira pessoa pela própria protagonista, Bianca, e ela vai contando sua história de maneira bem superficial. É um livro superficial. É complicado quando a proposta é despretensiosa, mas não cumpre seu papel de fazer o leitor se engajar na leitura. Não engaja e não faz efeito em que lê. Mas veja bem, não disse que o livro é ruim, mas para mim não funcionou e acredito que para pessoas mais novas, seja uma boa leitura.

"Ah, por que é que somos pessoas tão conscientes? Se fôssemos um pouco mais irresponsáveis eu saberia o que estaria acontecendo agora, e o que, muito provavelmente, teria acontecido muito antes. Por que eu tenho de me preocupar tanto com tudo, ser tão certinha, e Enzo o mesmo? Sei que é uma pergunta idiota, mas, nesse momento, isso me irrita." Pág. 93.

A história é rasa e superficial, para mim a autora correu com a história e não conseguiu aprofundar a personagem principal, nem os secundários, o que acabou deixando Bianca aparentemente uma garota superficial, egoísta e confusa, sem propósito nenhum e, veja bem, a autora poderia ter explorado várias coisas na história, mas não o fez. Poderia ter ampliado a jornada de descobrimento sobre ela mesma, aproveitado a viagem para a Itália para torná-la um personagem que busca realmente se entender, mas nada disso acontece.

O romance também deixou bastante a desejar e acho que é porque eu não tenho mais paciência para livros com romances muito bobos, gosto daqueles dramalhões terríveis que dão ressaca literária sabe? Isso acabou servindo de lição para essa leitora que vos escreve. Não adianta eu insistir, eu acredito que tenha amadurecido meu gosto literário e hoje em dia nem tudo me "serve". Além do mais, me lembrou de Intenso Demais, primeiro volume da trilogia Rockstar (que se você leu a resenha sabe que eu detestei). 

Em suma, As Letras do Amor, da autora Paula Ottoni é um livro bem despretensioso mesmo e busca contar um pouco da experiência que a autora teve, já que ela é bem parecida com a protagonista. A história não possui nenhum diferencial de tantas outras, mas acredito que para quem busca obras leves e rápidas, é uma boa.

16 Comentários

  1. Olá
    Eu não conhecia o título, mas não sei se teria interesse em ler e seus comentários só acentuam minhas dúvidas. Então, sobre ser clich, eu não ligo nem um pouco, mas é realmente complicado quando a história é muito superficial. Talvez seja uma leitura recomendada para um publico mais jovial mesmo...
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. cara, toca aqui.
    eu tô lendo o livro no momento e tô sentindo a mesma coisa com relação a ele... superficial, enredo fraco e mal explorado... e pior que tbm fui com sede ao pote, achando se tratar de um romance leve e talz... mesmo não curtindo romances, mas pela premissa achei que fosse gostar... apesar de curto, tá custoso chegar ao fim hahahaha
    bjs...

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que terrível quando a gente pega um livro e a escrita é vaga, não é? O romance ainda mais, enfim, tudo. Só é diferente quando a gente realmente está procurando por esse tipo de leitura. Uma pena que o enredo seja fraco, porque a capa é realmente muito linda e nome chamou a minha atenção. Não fiquei muito animada pra conhecer, mas não dispensaria a leitura caso eu tivesse a oportunidade.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia o livro e que não gosto la muito desse tipo de romance também...

    E uma pena que seja assim ao superficial! :) Eu compreendo perfeitamente que depois de varias leituras o nosso gosto va amadurecendo e não gostemos realmente de tudo! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Simplesmente adorei a capa e amo livros do gênero.
    Fico triste que tenha achado a escrita meio superficial e isso me desanimou um pouco em relação à obra. Uma pena também que o romance tenha deixado a desejar, pois mesmo que sejam bobos ou clichês, a escrita da autora ainda assim pode nos cativar e parece que isso não aconteceu entre você e a obra.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Ane, tudo bem?
    Acho que esse livro é bom para se ler quando estamos numa ressaca e podemos sair. Acabei de mandar uma mensagem para a Bru (que está lendo) perguntando se é bom, mas ela está no começo. Não gosto de histórias rasas e não gostei de saber que a protagonista pareceu egoísta.
    Não sei se lerei, mas, se o fizer, já não tenho muita expectativa.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Acho que pelas suas considerações e pelo meu momento de leitura, eu passaria esta dica passar. Estou em busca de uma leitura visceral, que me deixe de ressaca. Mas anotei a dica para ler em um outro momento!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Conforme vamos envelhecendo e conforme vamos lendo cada vez mais livros com uma temática mais profunda, acredito que livros assim muito rasos e despretensiosos demais acabam não nos agradando mais.
    A premissa de As Letras do Amor é realmente bem clichê, mas as vezes o clichê quando é bem feito agrada sabe.
    Uma pena que não tenha funcionado pra você essa leitura.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Oiiiii,
    Eu não tinha ouvido falar desse livro, mas já li A Destinada da autora e achei o livro simplesmente incrível, a leitura fluida e bem escrita e a história sensacional.
    Fiquei meio chateada de ver que outro livro dela não tem a mesma pegada de escrita :(

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Às vezes eu gosto dr ler um livro mais leve, por isso fiquei animada com a dica, mas lendo sua resenha desanimei completamente. Eu não sou fã de escritas adolescentizadas, também não gosto de histórias clichês. E essa tem muitos pontos negativos, como o romance raso, assim como você gosto daqueles bem construídos e bem dramáticos. Enfim, não é uma história para mim, mas gostei da sua resenha.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  11. Vixi, esse livro será minha próxima leitura. Como faz para não começar com os dois pés atrás depois dos seus comentários? hahahaha
    Também gosto de clichês, mas tem que ter uma boa história por trás... será que vou ter os mesmos problemas com a leitura?
    Ai, ai, ai...

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Que pena saber que a história é rasa e foi narrada de forma tão "boba", gosto de leituras jovens, mas a narrativa tem que ser boa. Eu já não tinha me interessado tanto pela obra, agora mesmo fiquei na dúvida se pegaria para ler, quem sabe mais adiante. rsrs
    beijos
    http://www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  13. Poxa, pela premissa o livro tinha tudo pra ser leve e gostoso de ler, mas sendo assim tão superficial eu fico sem nenhuma vontade de lê-lo :/
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Perdi todos interesse no livro, quando li que a história e a escrita é superficial e parecida com uma fan-fic , já que detesto esses enredos muito adolescentes...
    Pena que a autora não conseguiu passar o que você esperava

    ResponderExcluir
  15. Mesmo tendo a idade citada eu prefiro optar por livros mais profundos, até que seja um clichê bem escrito, o que percebo que não encontrarei nesse livro. Infelizmente autora não conseguiu explorar seus personagens e nem engajar a histórias, por isso não leria o livro tão breve, mas talvez algum dia que esteja procurando um livro mais leve eu leia

    ResponderExcluir
  16. Oi
    Estou na metade desse livro e estou gostando. Realmente é uma leitura simples e sem muitas pretensões, mas as personagens me conquistaram! Para quem curte livros mais elaborados, realmente precisa passar longe, mas é uma boa para curar um ressaca.
    Parabéns pela sincera avaliação.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir