ISBN: 9788501075666
 Título: O Ar Que Ele Respira
 Autor: Brittainy C. Cherry
 Editora: Record
 Páginas: 308
 Ano: 2016
 Gênero: Romance
 Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse: Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.
O Ar que Ele Respira conta a história de Elizabeth, uma mulher que está tentando seguir em frente após a perda de seu marido. Depois de passar um ano na casa de sua mãe, ela decide voltar a cidade que morava junto com a sua filha. Quando ela chega em Meadowns Creek, ela conhece seu novo, grosseiro, solitário vizinho Tristan Cole. Um homem amargurado que perdeu toda sua família em um acidente. Será que duas almas despedaçadas podem se reerguerem juntas? Elizabeth logo descobre que por trás de todo aquele homem solitário, pode existir um amor incondicional. 

Eu comecei a ler esse livro com muita expectativa mesmo. Eu não sei por que, mas eu sentia que seria o tipo de livro que me deixaria muito satisfeita. No entanto, eu me decepcionei com a autora e um pouco com a construção da história e da atmosfera. No começo da história, a autora colocou uma situação muito forçada (um beijo) que quebrou tudo o que eu esperava da descrição dos personagens. Achei muito rápido, muito sem sentido e me pareceu que foi jogado simplesmente para fazer com que fosse um motivo para os protagonistas se aproximarem romanticamente.

Com isso, eu acabei ficando na defensiva com a autora até a metade do livro. Eu passei a enxergar algumas situações com uma forçação de barra absurda e gritante. A aproximação e o modo como Tristan e Elizabeth começam a se envolver me perturbou muito. Essa coisa de beijar, tocar, transar com outra pessoa porque quer se lembrar do seu marido/mulher falecido me pareceu um pouco doentio e infelizmente isso me afastou do livro.

"As pessoas falam muito e se atrevem a dar conselhos sobre como superar o luto.Elas dizem que você não deve namorar por anos, que deve esperar o tempo passar, mas a verdade é que não existe tempo para o amor. A única coisa que importa para o amor é a batida do seu coração. Se você ama, não deixe isso te atrapalhar. Apenas se permita sentir novamente." Pág. 226

Narrado em 1ª pessoa, alternando o ponto de vista entre os dois personagens, fui conhecendo mais sobre o passado dos dois e também de seus sentimentos e pensamentos. Para a minha sorte, depois do meio do livro, comecei a entender mais a história e passei a me interessar pelos rumos que ela estava tomando. No entanto, eu esperava uma escrita totalmente mais envolvente do que foi apresentado.

Uma das coisas legais é que houve uma descoberta muito pertinente na história, que afetou a vida de Tristan e Elizabeth e o relacionamento dos dois. Achei interessante a autora pensar nisso e mostrar que eles estão "conectados" há muito tempo, menos não se conhecendo. Elizabeth tem uma filha LINDA e que merece destaque na obra também, além do mais, há uma superação muito forte presente nesse livro e questões importantes como culpa, raiva, tristeza, depressão, entre outros.

Em suma, o livro é bom. Muita gente se assustou com o fato de eu ter dado apenas 3 estrelas (3,5 na verdade). Eu o achei interessante, mas acredito que a experiência teria sido melhor se eu tivesse lido em uma época em que eu lia poucos romances. No momento estou saturada e não tem elementos novos que me prendam. De maneira alguma ele é ruim, mas não foi exatamente a melhor experiência para mim. E você? Já leu ou pretende ler? Conta para mim!


19 Comentários

  1. Olá! Tudo bem?
    Olha...Primeiramente gostaria de dizer que sua resenha foi bem construida com pontos importantes que deixam o leitor em alerta ao lê-lo, parabéns. Gosto de livros que me chamem a atenção pela capa kkk E esse sinceramente deixou a deseja né. rsrs Mas gostei da história. Vou colocar na minha listinha. Obrigada e Bjinhos. ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Concordo contigo. Não sei se lidaria bem com essa questão de se aproximar de uma pessoa porque ela lembra a outra. Sim, também acho doentio. E acho, de certa forma, covarde. Você expôs o que achou de forma precisa e sucinta e eu admiro muito quem consegue fazer isso nas resenhas.
    Enfim, não sei se leria a obra. Fiquei com um pé atrás.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    aí senhor!!! Tô com esse livro na cabeceira da cama e preciso ler logo. Estou muito ansiosa especialmente por já conhecer a escrita da autora. Serio que você se decepcionou? Sabe que também estou com esse receio, por isso estou adiando tanto a leitura. Entendi seu ponto de vista, ainda mais quando a gente espera algo diferente né?! Enfim, essa semana mesmo começo a ler <3
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Sou totalmente conta a aproximação de outra pessoa por lembrança de outra, mas, infelizmente, muitas pessoas fazem isso. Não sei porque, mas acho que a premissa desse livro é bem machista. Não sei se pelo título ou pelo enredo, é essa impressão que tenho.
    A única coisa que me deixou curiosa na trama foi saber que a vida dos dois, de alguma forma, estava interligada, enfim, talvez eu leia só para falar o que acho, nada além disso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    eu estava interessado nesse livro, mas como tenho um lista grande eu o deixei mais para trás. Fico contente que no final você ainda acabou gostando, no entanto eu vou deixar passar a dica. A sua resenha foi perfeita, direta e clara, principalmente porque eu me convenci a deixar esse livro lá atrás mesmo por enquanto... Aguardarei mais um pouco ainda. Obrigado pelas palavras... Abraços.

    ResponderExcluir
  6. A capa deste livro é linda rs
    Adorei a sua resenha e achei bem sincera e realmente acredito que damos uma classificação conforme nosso humor e nossas preferências na época.
    Adorei sue blog, já seguindo :)
    Beijos,
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Bom romance não é lá um gênero que eu goste muito embora as vezes acabo me atraindo por alguns do gênero. Mas não curti o enredo desse e também achei doentio isso de transar com alguém para lembrar de outra pessoa. Melhor ficar sozinho então. Não curti não.
    Fica para uma próxima dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Ooi,
    Eu já vi esse livro por ai mas acabei não me interessando muito, também estou numa onda de romances muito próximos então acabo evitando o gênero. Fico bem chateada quando sinto que o que estragou minha experiência com o livro foi minha expectativa. Gostei da resenha e da sinceridade.
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Terminei a leitura desse livro recentemente e até agora não consegui abandonar a história e os personagens. Eu já admirava a autora depois de ler Sr. Daniels, mas O Ar que ele Respira me conquistou infinitamente mais. Amei tudo no livro, desde a capa até os personagens e a construção da história, é realmente uma leitura tocante. :)

    beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Nossa, eu estava muito na expectativa desse livro também, e isso de se aproximar de uma pessoa porque ela lembra seu ex me desanimou demais. Não gosto muito de livros que correm com os acontecimentos, talvez se tivesse um pulo temporal teria resolvido essa situação melhor. Enfim, não sei se ainda lerei, mas adorei sua resenha e sua opinião.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Assim como você, eu também iniciei a história cheia de expectativas, mas algumas delas não foram a tendidas. Também não gostei muito do fato de ambos usarem o corpo do outro pensando no companheiro que perdeu, mas... A história teve pontos incríveis e outros nem tantos, mas em suma, eu gostei bastante da trama.

    Beijos,
    Dai | Blog Virando a Página

    ResponderExcluir
  12. Sei como é esperar muito de um livro e acabar se decepcionando.
    E apesar de não ter lido ainda, os pontos fracos que você apontou me desanimaram a ler, já que ele estava na minha lista.
    Mas sua resenha ficou ótima, com bastante detalhes!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  13. No Mochilão da Record do ano passado eu comprei o Sr Daniels e peguei autógrafo e tudo. Mas acabei parando na metade do livro, não que não seja bom, mas não sou fã de romances. Eu vi esse livro no Mochilão desse ano, mas nem me animei. E entendo seu ponto de vista, quando lemos muitos livros do mesmo gênero vai ficando difícil a gente ser surpreendida. Mas achei interessante a narrativa ser dividida em mais de um personagem.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Confesso que não li muito de sua resenha, pois estou louca pra ler esse livro, já que ele faz bem o estilo literário que gosto, e uma amiga adorou a história.
    Uma pena que o livro não tenha funcionado perfeitamente pra vc, sempre vejo resenhas tão boas da escrita da autora =/

    ResponderExcluir
  15. Oiee ^^
    Eu vi umas coisas bem positivas a respeito deste livro, então também tenho expectativas altas... Mas saber que a autora forçou muito a barra em alguns momentos me deixou desanimada *-* Parece ser uma história bacana, eu adoro personagens sofridos com passados tristes e aquela história toda de superação ao encontrar e se apaixonar por outra pessoa...hehe'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. já não sou muito chegada a romances e quando eles me soam forçados e/ou clichês demais, acabo passando reto... uma pena vc ter sido com altas expectativas e elas não serem supridas... pelo menos a tal descoberta foi agradável ao longo da leitura, ne?
    bjs...

    ResponderExcluir
  17. Amo a Brittainy C. Cherry e minhas expectativas para esse livro estavam altas, mas pela resenha percebo que não é uma história original e que prende o leitor, então me desanima, já que o romance começa sendo forçado, não convencendo o leitor, pretendo ler, mas não irei esperar uma história surpreendente, até porque gosto de livros em que consiga me envolver com os personagens

    ResponderExcluir
  18. Oi Anne

    Estou bem curiosa em ler esse livro porque gostei bastante de Sr. Daniels, no entanto algumas coisas que vc destacou ai me deixaram um pouco com o pé atrás. Odeio quando os autores forçam uma ação para os casais ficarem juntos, e lendo sua resenha me pareceu que isso foi mesmo gritante na estória. Mesmo assim já tenho ele na estante para ler, espero mesmo poder gostar.

    Everton equipe Rillismo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Que pena que o livro não foi um dos melhores para você, as pessoas sempre elogiam muito ele. Mas vai ver você não estava no momento mesmo, muito ruim quando isso acontece. Mas eu ainda quero ler ele para ver o que irei achar, talvez eu goste, achei que ele tem um enredo muito bacana. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir