| RESENHA #59 | ONDE ESTÁ ELIZABETH? EMMA HEALEY

segunda-feira, julho 18, 2016
 ISBN-10: 8501073202
 Autora: Emma Healey
 Ano: 2016
 Páginas: 308
 Idioma: português 
 Editora: Record
 Gênero: Drama / Romance policial / Literatura  Estrangeira

Sinopse: Vencedor do Costa Book Awards e do Premio Salerno Libro dEuropa, o romance de estreia de Emma Healey é uma delicada narrativa sobre memória misturada a um thriller. Maud tem 80 anos e está ficando cada vez mais esquecida. Sua própria filha e sua casa lhe parecem irreconhecíveis, e ela escreve bilhetes para si mesma na tentativa de lembrar do cotidiano. Um dia, um dos bilhetes informa que sua amiga Elizabeth está desaparecida. Embora todos lhe assegurem que ela está bem, Maud embarca numa missão para encontrá-la. A iniciativa, no entanto, acaba se confundindo com a história de Sukey, sua irmã mais velha, desaparecida desde o fim da Segunda Guerra Mundial.


Onde Está Elizabeth? trata-se de um thriller psicológico contado a partir da perspectiva de uma senhora. Maud tem 80 anos e já não se lembra tanto das coisas, precisa de bilhetinhos para se lembrar do que fazer e se perde facilmente entre os fatos. Mas uma coisa que Maud não se esquece, é de sua amiga Elizabeth, principalmente quando não a vê por dias. Elizabeth sumiu e Maud precisa juntar todas as pistas para encontrá-la. 

Eu fiquei totalmente fascinada com a leitura dessa obra. Eu nunca havia lido nada parecido, muito menos narrado por uma senhora com problemas de memórias. A aventura que esse livro me proporcionou foi além de uma simples trama de suspense e investigação. Foi algo muito palpável sobre uma doença que assombrou minha família. 

O fato de Maud não ser uma narradora confiável, despertou meu interesse, porque normalmente eu não gosto de personagens que não são confiáveis, me sinto muito perdida e não consigo entender contextos. Mas nesse caso, Maud me fez entrar em sua cabeça e mostrou-me como ela enxerga o mundo, causando-me uma empatia desenfreada pela personagem.

"A mulher acha que essa não é a melhor coisa a dizer, e o homem começa a me explicar alguma coisa. Mas não consigo me concentrar. Sei que eles não vão me ouvir, que não vão me levar a sério. Então preciso fazer alguma coisa. Devo fazer alguma coisa, porque Elizabeth está desaparecida."

Em alguns momentos, eu fiquei na duvida se Elizabeth estava viva, se ela existia mesmo. Conforme ela embarcou nessa procura, mesmo todos dizendo que estava tudo bem, ela foi confundindo a história com a de sua irmã, a Sukey, que desapareceu no final da Segunda Guerra Mundial. Vocês conseguem entender o peso dessa história e o por que dela ser tão cativante?

Achei uma história muito frágil, contudo, uma história sobre empatia. O Thriller psicológico criado pela autora Emma Healey, além de muito bem escrito, é bem contado. Um roteiro inteligente, sagaz e persuasivo. Eu me apeguei bastante a Maud, quando acabou o livro eu fiquei sem rumo por alguns minutos, porque não acreditava que tinha acabado.

Em suma, Onde Está Elizabeth? é uma história incrível, com uma personagem incrível e que passa uma mensagem linda sobre a velhice. Eu gostei de mais da obra, não esperava muito e me surpreendi positivamente. Portanto, se você procura algo diferente e original, a sua medida, este livro é perfeito.

24 comentários:

  1. Olá
    eu também fiquei fascinada com essa leitura, especialmente porque ainda não tinha lido nada a respeito, mas também achei uma história incrível mesmo. As mensagens são ótimas e acho difícil não se envolver com a Maud, e também fiquei na dúvida sobre Elizabeth. No fim das contas, compreendi que a intenção é mesmo apresentar uma trama duvidosa...

    Beijos
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oie! Vi esse livro recentemente e fiquei interessada, e com certeza a senhora vai me cativar com suas confusões metais e sua busca incessante
    por elizabeth. Gostei de saber que é uma trama original que nos passa um pouco sobre quando vamos ficando com uma certa idade e fiquei intrigada com qual a doença de Maud.

    ResponderExcluir
  3. Ola achei muito interessante a premissa do livro, visto que a protagonista é uma senhora de 80 anos com falhas na memória, o fato de confundir também com o desaparecimento da irmã me deixou muito curiosa com o desfecho do livro. Dica anotada. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Tinha visto esse livro nas livrarias, mas não tinha noção que se tratava de um thriler sob ponto de vista de uma velhinha. Pelo que senti, o suspense não é muito forte, mas sim as lembranças e dificuldades que dominam.
    Mesmo assim daria oportunidade a leitura.
    Anotei a dica para ler mais na frente.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Oi , tudo bem?
    Caramba que enredo maravilhoso, me fez ter vontade de ler esse livro! Acho que essa senhora de 80 anos vai me cativar com a sua história, espero ler super em breve porque realmente me deixou curiosa essa premissa. Adoro livro com esse estilo e acho que vou me identificar bastante com esse! Beijinhos
    Oi linda, tudo bem?
    Posso dizer que eu amei esse livro, vou comprar logo que for ao shopping pois adorei ele e todo seu desenvolver. Me lembrou muito o livro Por Lugares Incríveis e espero amar esse!! Super ansiosa para ler, amei. Beijinhos
    http://followyourdreamalways.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Lendo a sua resenha, também tive minhas dúvidas se a Elizabeth existia mesmo... Achei o enredo muito original e fiquei curiosa com toda a abordagem da velhice. Acho que será uma leitura incrível para mim.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Gente, acho que nunca vi uma história igual a essa antes na minha vida! Gostei do fato da narradora ter problemas de memória, também já passei por isso em minha família, e mesmo assim embarcar a procura de sua amiga. Ela existindo ou não. Já vi muitos mistérios, mas nenhum onde a pessoa principal não fosse uma fonte confiável, e justamente pelo seu problema tenho certeza que ela não é levada a sério. Fiquei muito interessada em conferir e acompanhar essa trama desvendo seus mistérios e descobrindo afinal o que aconteceu com Elizabeth, se ela realmente existe! Você me despertou o interesse com a sua resenha, parabéns!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bom? Que resenha maravilhosa! Adorei saber tua opinião sobre esse livro, que já fiquei morrendo de vontade de ler! Normalmente eu curto bastante personagens não-confiáveis, então acho que irei me apegar a Maud e apreciar cada ponto de sua busca. Fora que AMO Thriller! <3 Dica anotadíssima!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Confesso que pela capa eu descartaria a leitura na hora, mas essa sinopse me deixou desesperada pra saber que história é essa. A trama parece ser sensacional e fiquei muito intrigada, principalmente pela narradora em questão não ser nada confiável, por conta do problema de memória. Sua opinião extremamente positiva também me impulsiona a acrescentar esse livro à minha estante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Já havia ouvido falar do livro, mas não fazia ideia de que ele era narrado por uma senhora com problemas de memória e isso já me chamou a atenção. Admito que nunca li livros com protagonistas idosos, mas creio que seria interessante visualizar a perspectiva dessa personagem, ainda que ao narrar a história não seja confiável. Esse parece ser um dos livros em que o leitor precisa juntar as peças e que no final acaba se emocionando. Me parece ser bem interessante e espero ler um dia.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Nossa, que história. Realmente eu me imagino lendo algo assim e fascinada porque você não sabe ao certo quem é quem e quem realmente existiu e ainda mais uma irmã que desapareceu há tanto tempo. Poxa, é algo diferente do que estou acostumada a ler, por isso adoro ler resenhas diferentes porque não sei se me prenderia se eu lesse a sinopse por aí.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Ainda não conhecia essa obra, mas fiquei super interessada, mesmo não gostando de personagens não confiáveis. A ideia da autora foi incrível e arriscada, não é? Mas parece que ela lidou muito bem com uma narradora idosa e com problema de memória.
    Claro que anotei a dica e estou mais do que ansiosa para ler esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oiee ^^
    Eu adoro um bom drama, e uma história com personagens incríveis, mas thrillers e romances policiais são dois gêneros que eu não curto, então ainda estou na dúvida se leria ou não este livro. Parece ser interessante, a coisa toda de não se saber o que é ou não real por conta das falhas da memória da Maud me pareceu diferente, nunca li nada parecido... Parece ser mesmo muito original.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Achei o tema da história muito bacana, afinal a narradora não é muito confiável, e assim da um clima diferente ao thriller, afinal tu não sabe se ela existe, se confundiu com alguém ou se realmente está perdida.
    Achei sua resenha muito boa e com certeza leria esse livro

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Adoro livros que abortam esse gênero de thriller psicológico e curto bastante personagens que não são confiáveis, apesar de sempre me perder no meio da leitura. Já leu "A Menina Submersa"? Também traz uma personagem que não é confiável e o livro é excelente!
    Logo quando li o primeiro parágrafo da sua resenha, me lembrei demais do filme "Amnésia" em que o personagem principal toda noite perde a memória. Então para se lembrar das coisas, ele começa a fazer tatuagens no seu corpo, porque ele não confia no resto. É um dos meus filmes preferidos!
    E achei muito interessante a personagem principal ser uma senhora de 80 anos. Imagino eu que até facilite o leitor a ser apegar ao personagem.
    Adorei a sua resenha e já coloquei na minha lista. Tenho certeza que vou gostar!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Não leio com muita frequência Thriller psicológico, mas quando o livro é bom, gosto de ler. Pela sinopse achei super interessante e sua resenha me convenceu. Essa autora ainda não conheço, mas já tinha visto esse livro em livrarias. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  17. Olá, sou a louca do thriller e esse é o que eu mais estou desejando nesses últimos tempo para fazer a leitura, agora com sua resenha tenho certeza que tenho que lê-lo.
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Nossa, o livro é mesmo bem diferente e original. Um thriller psicológico narrado por uma senhora com problemas de memória acho que não tem mesmo como não cativar... e deve doer ela misturar a história de Elizabeth com a da irmã que desapareceu há muito mais tempo. Nunca tinha ouvido falar do livro, mas com certeza vou querer ler.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  19. Olá, como vai?
    A fonte do título da capa me lembrou No Escuro e logo imaginei que poderia ser um thriller psicológico, gostei muito da premissa! Uma senhora de 80 anos narrando a história? Isso é para deixar qualquer leitor curioso, hahaha.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Eu sou suspeita de falar pois adoro um bom thriller psicológico e pelo que percebi esse livro trás uma proposta muito boa. Fiquei muito feliz em ver que você gostou e que indica, parece ser um livro bem diferente doq estou acostumada a ler, e por isso mesmo já estou querendo muito ele!

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Eu não estou acostumada a ler thrillers, mas esse chamou minha atenção pela protagonista e forma de narração que também parece diferente de tudo que já li. Protagonistas que não são totalmente confiáveis me animam bastante para ler, gosto de não ter certeza se aquilo está acontecendo haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oie... Então, fico pensando, nunca quero ler thrillers, ams, quando lei amo, TODOS.
    Por esse motive e porque a sua resenha é muito maravilhosa eu vou adicionar como "Quero ler no Skoob". hahahahha.
    E outra coisa que me despertou o interesse, a narradora não confiavel. ♥

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Já tinha visto esse livro, mas nunca parei para ler nada sobre ele. E agora sabendo que é um thriller fiquei curiosa pois adoro, mas sendo contato por uma senhora de memória fraca, me deixa receosa rs' mas quem sabe eu não de uma chance! Adorei saber sobre e essa capa está maravilhosa.

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bom?
    Simplesmente adorei a premissa desse livro! Não costumo me aventurar muito nesse gênero, mas, essa obra chamou muito minha atenção, primeiro pela personagem que narra, que tem lapsos de memória e que acaba por misturar a história de Elizabeth com a de sua irmã e segundo por envolver segunda guerra no enredo, ainda que pela história de Maud! Adorei sua resenha!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.