[RESENHA] Drive - James Sallis

Autor: James Sallis
Ano: 2012
Páginas: 160
Idioma: Português
Editora: LeYa Brasil
Sinopse: Drive - "Ele não é hábil com as palavras, mas dirige como um filho da mãe e é um dublê de cenas automobilísticas em Los Angeles. Mas não um simples dublê, ele é o melhor no que faz. Como apenas os cachês de Hollywood não são suficientes, acaba virando um motorista de fuga. E nessa rota direta para a confusão, após um roubo mal-sucedido e uma mala com milhares de dólares, o moço se envolve numa alucinante caçada em que ele é o alvo. Uma história envolvente e eletrizante de um dublê e sua vida dupla no mundo do crime."
Drive conta a história de um dublê em Los Angeles. Como a sinopse mesmo traz, ele é o melhor no que faz, ele é simplesmente fantástico. No entanto, o que ele ganha não é o suficiente (nunca é!), e por isso, acaba se envolvendo em um roubo que não deu muito certo. A obra de James Sallis deu origem ao filme estrelado pelo maravilhoso Ryan Gosling e esse foi o motivo que eu entrei nesse carro e acelerei, porque como amante do filme, queria saber mais sobre a história do dublê sem nome.

Por ser um livro curto, de apenas 160 páginas, Drive não explora detalhes e muitas vezes faz a leitura ser corrida demais (risos). No entanto, é interessante ler a história, mesmo que eu tenha a sensação de que o filme é mais completo que o livro. Nunca achei que isso seria possível, mas é. Imagina a minha frustração, não é mesmo?
"Eu dirijo. Isso é tudo o que eu faço. Não fico sentado enquanto você planeja a coisa ou a prepara. Você me diz onde começamos, em que direção devemos ir, para onde devemos seguir depois, em que horário. Não me meto, não conheço ninguém, não ando armado. Eu dirijo." piloto, Pág. 20.
Com um roteiro raso e confuso, vamos sendo guiados a assistir a história do piloto. Sim, não sabemos o seu nome e achei positivo e bem sacado a ideia do autor de não nos apresentar o nome do dublê, sendo no livro sempre chamado de apenas piloto. Isso mostra sua anonimidade e sua ''vida'' de certa forma. Enquanto o piloto tem seu destaque, os personagens a sua volta pouco parecem importantes e, como citei acima, o pequeno número de páginas pode explicar essa falta de profundidade.

A vida do nosso pilot vai sendo desenrolada durante as páginas em formas de flashbacks e assim, podemos conhecer um pouco mais desse cara misterioso. Em minha opinião, James Sallis não soube contar a história e seu método de flashback não funcionou. Pelo menos não comigo, já que fiquei confusa sem me ambientar na história por muitas vezes.

Partindo de todos esses ''erros'', vale a pena ler Drive? Talvez sim, talvez não... Particularmente, indicaria para ver o filme e se contentar com a visão maravilhosa do Gosling. No entanto, se você preferir ler também, faça! Ler é sempre bom, mesmo que a história não seja lá aquelas coisas...

26 comentários

  1. Também tive uma leitura de um livro que a história era muito rápida e a escritora passava por cima de detalhes e isso empobreceu a história toda.

    Acabei gostando mais da adaptação do cinema do que do livro.

    Beijos
    http://poesiaqueencantavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive curiosidade para ler esse livro, vi em várias promoções no submarino kkkk e ficava com pé atrás, será que compro ou não? Acho que minha resposta é sim agora (vou falir)
    Adorei o Blog todo e o seu layout!
    Beijoooos

    ResponderExcluir
  3. Olá :) Não costumo ler livros nesse estilo, mas achei a proposta bastante diferente e interessante. :)
    Nunca assisti o filme, fiquei surpresa em saber que o filme é melhor/completo que o livro, rsrs pois, geralmente é o contrário. rsrs Sua resenha tá muito boa! *-* Beijos!
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  4. Como uma história para ser lida, Drive não me chamou a atenção. Mas como tem filme, talvez eu dê uma olhadinha, meu namorado talvez possa gostar, daí a gente assiste juntos ♥

    ResponderExcluir
  5. Quando a história aborda esse tema eu sempre prefiro assistir o filme rs
    Sua resenha foi bem sincera e detalhada
    Adorei
    http://myself-here1.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  6. viiish, que triste =T
    Eu tava até empolgada pra ler, mas depois dessa... não gosto de histórias sem consistência, acho que vou ficar só no filme mesmo...

    ResponderExcluir
  7. Olha eu sinceramente ainda não tinha visto esse livro, mas a estória em si não me chamou muita atenção não. Eu acho que assistiria o filme para ter uma ideia para depois ler o livro sabe? Mas mesmo assim gostei das suas impressões. Deu para ter uma ideia. Mas mesmo assim vou aguardar para ler depois.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resumo-do-mes-setembro.html

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Sempre tive curiosidade de ler alguma resenha sobre esse livro. A capa com o Ryan Gosling chama atenção, mas após os pontos que você ressaltou, acho que vou ficar só com o filme mesmo, a leitura eu passo.
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  9. Oiii.
    Ainda não tinha visto esse livro, não parece ser no estilo que gosto. Sua avaliação foi sincera , gostei disso, não acredito que eu vá ler.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Anelise, eu não sabia que tinha esse livro, eu já ouvi falar muito do filme, mas não do livro. Para ser sincera eu não gostei muito, acho que não leria no momento pelo menos.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  11. Lendo a resenha, também fiquei com a impressão de um enredo raso e tolo. Não leria e livro e dificilmente veria o filme...

    ResponderExcluir
  12. Olá; eu ainda não conhecia o livro, mas até que achei a ideia da trama interessante, uma pena que não tenha uma história tão boa.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem ?

    Tenho muita vontade de assistir o filme, por conta do Gosling mesmo (sou fã). Não sabia que tinha livro... Acho que nesse caso aí o autor teve várias ideias muito legais que não soube passar para o papel, então fico com o filme mesmo.

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
  14. Eu gosto bastante do uso de flashbacks nos livros para saber sobre o passado dos personagens, acho uma "receita" que dá certo, mas que pena que o autor não soube desenvolver bem essa ideia, já que a premissa é maravilhosa (adoro o filme). Gostei da resenha!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Anelise, o livro já não me chamou atenção na sinopse e no decorrer da resenha achei ele muito insosso. Não tem nada que me chame atenção, passo a dica.
    Talvez veja o filme.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    É tão chato quando o livro tem tudo para ser ótimo só que o autor não desenvolve bem a história né? A premissa do livro, assim como a capa, não me agradou. E depois de ler seus comentários já descartei da minha lista.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. OI Anelise!
    Poxa, a sinopse é bem chamativa, é o tipo de livro que eu leria ANTES de ler a sua resenha. Fiquei aqui pensando nos pontos que você ressaltou e fiquei com dúvida. Acho que só leria se caisse de paraquedas nas minhas mãos!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  18. Não leria o livro se não fosse curtinho, como só tem 160 páginas acho que darei uma chance, vai que eu curta. rs
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  19. Minha reação foi: Caramba, tem livro? Ultimamente eu tenho encontrado vários filmes que estão sendo publicados como livros no Brasil, pela Leya, inclusive. Acho que esse é um dos motivos que eu leria.

    laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  20. Em 160 págInas, realmente não se dá para contar um história detalhada e com profundidade! E não leria e, também, não assistiria, esse não é o meu gênero... parabéns pela resenha!!

    Abraços e até!

    lendoferozmente@hotmail.com

    ResponderExcluir
  21. Eu quase vi o filme uma vez por motivos de: Ryan Gosling! Mas o pouco que assisti não me prendeu de forma alguma (mesmo com tamanha gostosura no elenco). Por isso já não tinha vontade de ler o livro, agora tenho menos ainda. ):

    ResponderExcluir
  22. Oii!
    Eu sempre tive vontade de assistir ao filme, mas nunca me interessei muito pelo livro. Embora tenha uma premissa muito interessante, não me parece o tipo de livro com o qual eu irei me identificar. Depois de ler sua resenha essa ideia só se intensificou, infelizmente.

    ResponderExcluir
  23. Oi, flor!
    Adorei ler a sua opinião sobre essa obra, porque há algum tempo estava em dúvida se deveria investir nela. Isso porque, como você, adorei o filme. Esperava mais do livro, no entanto, e a sua resenha me fez perceber que não vale a pena lê-lo. :/ Achei uma perda tantas fragilidades (enredo raso e confuso).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    não imaginava que era baseado em um livro, e quando vi esse poster em algum lugar pensei que fosse um filme de corrida e tal, estilo velozes e furiosos rs' Enfim, não sei se leria depois da sua resenha super sincera... parabéns!

    beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Anelise, tudo bem?
    Fiquei muito intrigada com a premissa da história, mas desanimada pelos pontos negativos do livro. Dessa vez vou preferir ver o filme mesmo e me encantar pelo ator.. digo personagem, rs.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  26. Primeiro eu quero falar que amei a capa. Eu não conhecia o livro e não sabia que tinha um filme, fiquei com a sensação de que não iria gostar do livro, talvez eu veja só filme

    ResponderExcluir